Links relacionados ao trabalho de Otto Rank, ou aos desenvolvimentos teóricos dele derivados

http://www.matthewfox.org/  Rev. Dr. Matthew Fox, teólogo. “Considero Otto Rank como um dos grandes gigantes espirituais do século XX, um gênio como psicólogo e um santo como ser humano. Embora vilipendiado por sua comunidade freudiana de origem, ele nunca se tornou amargo. Ele morreu um feminista e profundamente comprometido com a justiça social, em 1939…. Seu profundo entendimento da criatividade faz dele um mentor para todos nós que vivemos em um mundo pós-moderno…. Eu acredito que o livro Arte e artista, especialmente nos capítulos de 12 a 14, pode muito bem se destacar como a mais valiosa psicanálise da vida espiritual do nosso tempo.”

http://www.saybrook.edu/ Universidade com perspectiva holística e humanista.

https://en.wikipedia.org/wiki/Ana%C3%AFs_Nin  Página sobre Anaïs Nin (1903 – 1977). Escritora que foi analisada por Otto Rank.

http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-48382012000200011 Artigo de Francisco Pizarro Obaid, psicólogo chileno. Estudioso de Otto Rank em relação ao tratamento clínico da ansiedade.

http://willwadlington.com/ Will Wadlington, artista plástico e psicólogo. Estudioso do processo criativo, da psicoterapia dele derivada, e do entendimento de Otto Rank sobre a arte e o artista.

https://sapientia.pucsp.br/handle/handle/1835 Dissertação de mestrado de Jussara Trindade de Almeida, com orientação de Luiz Felipe Pondé. Do resumo: “A presente dissertação busca realizar uma análise da condição humana em Ernest Becker 
(1924-1974) e o papel da religião para sustentar o ser humano diante do temor da morte e da precariedade de sua condição de criatura. ”

http://marleenmoors.com/ Marleen Moors, filósofa holandesa. Existencialismo, fenomenologia existencial e metafísica. Prática de filosofia clínica e aconselhamento.

http://www.hildahilst.com.br.cpweb0022.servidorwebfacil.com/editorial.php Portal Cultural Hilda Hilst. Escritora brasileira. No romance A obscena senhora D, lê-se a seguinte dedicatória: “Dedico este trabalho, assim como o anterior, Da morte. Odes mínimas, e também meus trabalhos futuros (se os houver) à memória de Ernest Becker por quem sinto incontida veemente apaixonada admiração”.

http://miguelgarciapoeta.blogspot.com.br/  Miguel Garcia, músico e poeta brasileiro com influências de Ernest Becker e Otto Rank.

Créditos

Tradução e revisão de língua inglesa – Robert Kenyon Walker, PhD.

Web Design – Bernardo Leitão.